HOME
Busca:
 
AGENDA
LOCALIZAÇÃO
INSTALAÇÕES
ASSOCIADOS
ASSOCIE-SE
BANCO DE CURRÍCULOS
EVENTOS
CONTATOS
AGENDA CULTURAL
ANUNCIE AQUI








VOLTAR

Bairro - 08/11/2013

Primeira detonação para construção de Túnel da Transolímpica

ACERB participou do projeto da via desde o inicio em 2009

Por Eder Cardozo


No momento da primeira detonação para construção do túnel.(Fotos: Marcelo Simões)

A Associação Comercial e Empresarial da Região de Bangu (ACERB) estava presente nesta sexta-feira, 08 de novembro, na primeira detonação de rochas para a perfuração do Túnel da Transolímpica que vai ligar a Avenida Brasil (Deodoro) a Barra da Tijuca. O presidente da ACERB, Wagner Ferreira, juntamente com o presidente de honra da ACERB, vereador Marcelino D’Almeida, estavam no local onde o governador Sérgio Cabral (RJ), o prefeito do Rio Eduardo Paes e o presidente do Comitê Olímpico Internacional, Carlos Nuzman, deram inicio a perfuração localizada na Estrada do Catonho, em Sulacap.

O projeto da Via Expressa, em seu inicio, teve participação do Conselho Diretor da ACERB quando o Engenheiro Luis Gustavo de Barros apresentou em 2009 o projeto da ligação C do Anel Viário da Cidade do Rio de Janeiro que projetava justamente a ligação da Av. Brasil a Av. Ayrton Senna na Barra da Tijuca.  Na ocasião o engenheiro estava como Coordenador de Projetos e Planejamento da Secretaria Municipal de Transportes da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro.


Vereador Marcelino D´Almeida e o presidente da ACERB, Wagner Ferreira.

A Transolimpica tem o objetivo de melhorar a mobilidade da cidade com 23 quilômetros de extensão sendo um corredor expresso no sistema BRT com 31 pontes e viadutos, 18 estações, dois terminais de passageiros, dois túneis e tem um investimento de R$ 1,6 bilhões. De acordo com a prefeitura a previsão para a conclusão das obras é dezembro de 2015.

Mudança no Trajeto
Em junho o presidente Wagner Ferreira e o vereador Marcelino D’Almeida mesmo após o projeto ter sido aprovado participaram de uma reunião junto ao Exercito Brasileiro, em Brasilia, com o objetivo de pedir autorização para que a área militar fosse usada  para construção da via. O novo trajeto foi aprovado e com a mudança as obras deixaram de desabrigar 80 casas em Magalhaes Bastos que estavam no caminho.


Eduardo Paes, Carlos Nuzman, Sérgio Cabral, Marcelino D"Almeida e Eduardo Paes olhando a foto do projeto.

 


 
Usuário:
Senha:


 
Av. Santa Cruz, 4425 - Salas 201 | 202 | 203 - Bangu - Rio de Janeiro - RJ. Tel.: (21) 3331-2127
Programação e webdesign: Perfil Solução
A marca propmeio não existe nesse contexto.