HOME
Busca:
 
AGENDA
LOCALIZAÇÃO
INSTALAÇÕES
ASSOCIADOS
ASSOCIE-SE
BANCO DE CURRÍCULOS
EVENTOS
CONTATOS
AGENDA CULTURAL
ANUNCIE AQUI








VOLTAR

Empreendedorismo - 11/10/2013

5 dicas para superar um fracasso e empreender novamente

Especialistas listam as recomendações para empreendedores que não tiveram sucesso no primeiro negócio

Lidar com o fracasso de um negócio não é fácil, mas um empreendedor que acredita na sua ideia de negócio persistirá. “Só fracassa quem não aprendeu com os seus erros”, afirma Marcelo Nakagawa, professor de empreendedorismo do Insper.

Para o consultor do Sebrae-SP, Davi Jerônimo, é importante o empresário avaliar se ele tem perfil mesmo para continuar empreendendo.

“É preciso continuar arriscando, o segundo negócio pode não dar certo também, mas não pode se prender e se limitar”, recomenda João Bonomo, professor de empreendedorismo do Ibmec/MG. Veja as recomendações dos especialistas para quem deseja abrir um novo negócio.

1. Reflita
O sucesso ou o fracasso do primeiro negócio deve ser uma fonte de aprendizado para os empreendedores. “A primeira coisa que ele tem que fazer é uma reflexão e anotar o que ele errou ou o que poderia ter feito melhor. É preciso deixar anotado, para não cometer o erro duas vezes”, afirma Nakagawa.

Para Bonomo, para aqueles que já pensam em abrir o segundo empreendimento, é preciso avaliar quais foram os aspectos críticos que levaram o negócio anterior ao fracasso. “Mesmo que o novo empreendimento seja em uma área que você não conheça”, diz.

2. Amplie o conhecimento
Aproveitar o momento para se capacitar pode ser uma maneira de buscar inspiração para o novo negócio. “As pessoas acham que já carregam uma bagagem muito boa. Pense na possibilidade de criar uma coisa nova e busque um fator que possa diferenciar seu empreendimento de todos os demais”, recomenda Bonomo.
Cursos podem ser uteis para ampliar o conhecimento que o empreendedor já tinha. “Hoje, tem cursos com novas abordagens, para fazer um plano de negócio, por exemplo”, afirma Nakagawa.

3. Busque um mentor
O papel de um conselheiro é essencial para que o empreendedor aprenda com os erros cometidos. Pode ser um empreendedor com mais experiência ou alguém com quem você possa trocar experiências.

“Dúvidas e dilemas devem ser discutidos sempre que possível. Você precisa ter alguém para compartilhar e amadurecer como empresário, como administrador de empresas mesmo. Nem sempre as decisões são perfeitas”, afirma Nakagawa.

4. Aproveite o seu networking
A rede de relacionamentos que o empreendedor conseguiu construir pode ser valiosa quando ele for começar outro empreendimento.

“Efetivamente, o relacionamento que ele conseguiu construir é muito mais importante do que o sucesso de um negócio”, acredita Bonomo.
Para Jerônimo, conversar com os fornecedores e parceiros antigos pode ajudar nessa nova etapa.

5. Controle suas emoções
Equilibre as emoções e continue empreendendo. “Não fique muito eufórico, seja receoso e vá com calma, mas não cometa os mesmos erros”, recomenda Bonomo.

“Se errou na primeira vez e na segunda vez, é planejando bem cada passo que você irá diminuir os riscos”, afirma Jerônimo.

Fonte: Exame.com


 
Usuário:
Senha:


 
Av. Santa Cruz, 4425 - Salas 201 | 202 | 203 - Bangu - Rio de Janeiro - RJ. Tel.: (21) 3331-2127
Programação e webdesign: Perfil Solução
A marca propmeio não existe nesse contexto.