HOME
Busca:
 
AGENDA
LOCALIZAÇÃO
INSTALAÇÕES
ASSOCIADOS
ASSOCIE-SE
BANCO DE CURRÍCULOS
EVENTOS
CONTATOS
AGENDA CULTURAL
ANUNCIE AQUI








VOLTAR

Economia - 05/06/2012

BNDES reduz juros de capital de giro para 6% ao ano para microempresas

Para mdias empresas, a taxa caiu de 9,5% para para 6,5% ao ano. Banco amplia programa de financiamento para tentar melhorar indstria.

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econmico e Socila (BNDES) anunciou nesta tera-feira (5) reduo de juros do programa de financiamento de capital de giro. A taxa cobrada pelo BNDES de 9,5% ao ano caiu para 6% para micro e pequenas empresas, e 6,5% para mdias empresas ao ano. Mdias-grandes e grandes empresas tero taxa de 8% contra os 10% cobrados anteriormente.

Segundo o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, o Progeren, programa de capital de giro, tem especial foco para a mdia empresa, que, segundo explicou, vem sofrendo concorrncia externa.

Por isso, o BNDES expandiu o programa, que estava restrito a alguns setores da indstria, s mdias empresas de toda a indstria de transformao. O presidente do BNDES disse que a indstria o segmento onde o crdito cresce abaixo da mdia.

O Progeren tem oramento de R$ 14 bilhes R$ 3 bilhes para mdias-grandes e grandes empresas, e R$ 11 bilhes para pequenas e mdias empresas - e vai at 31 de dezembro de 2013.

Segundo Luciano Coutinho, o momento de incerteza em relao economia global resulta num movimento de averso ao risco no sistema financeiro.

Isso criou um impacto nos investimentos do setor privado. Mas, mesmo diante do quadro de apreenso, fundamental reafirmar a natureza saudvel da economia brasileira, com excelentes fundamentos e perspectivas de longo prazo de crescimento da economia brasileira. Isso se fundamenta na capacidade de crescimento do mercado interno. E expressiva a sustentao do emprego e da renda como suporte continuidade do crescimento do mercado interno. E quanto mais investimento, mais crescimento potencial, explicou Coutinho.

Segundo pesquisa do BNDES o crescimento nos investimentos do pas at 2015 tem perspectivas positivas: dever ser de 6% ao ano. A estimativa de crescimento de investimento na indstria de 5,3% ao ano, abaixo da mdia, segundo o BNDES, por isso a deciso de baixar juros e aumentar o escopo da linha de crdito para micro, pequenas e mdias empresas.

O programa no resolve o problema da competitividade da indstria, que sofre com custos, carga tributria, taxas de cmbio, dificuldades de logstica, mas vai ajudar a atravessar o perodo difcil que o setor vem atravessando, disse Coutinho.

Fonte: Portal G1


 
Usuário:
Senha:


 
Av. Santa Cruz, 4425 - Salas 201 | 202 | 203 - Bangu - Rio de Janeiro - RJ. Tel.: (21) 3331-2127
Programação e webdesign: Perfil Solução
A marca propmeio não existe nesse contexto.