HOME
Busca:
 
AGENDA
LOCALIZAÇÃO
INSTALAÇÕES
ASSOCIADOS
ASSOCIE-SE
BANCO DE CURRÍCULOS
EVENTOS
CONTATOS
AGENDA CULTURAL
ANUNCIE AQUI








VOLTAR

Cultura & Lazer - 03/12/2010

Entrevista com o diretor do filme ´´Vila Aliança Memória em Cinco Minutos``

O curta aborda sobre o primeiro conjunto habitacional da América Latina

Eder Zapata


Jeferson dando entrevista para a TV Brasil (Fotos: arquivo pessoal)

Cultura é um dos pontos fracos da região de Bangu e devido a essa carência a Associação Comercial e Empresarial da Região de Bangu (Acerb) resolveu dar voz a um dos batalhadores que faz um trabalho cultural na zona oeste. A Acerb entrevistou o grafiteiro Jeferson Cora, um dos fundadores do Centro Cultural A Historia Que Eu Conto. Jeferson é diretor do filme ‘Vila Aliança Memória em Cinco Minutos’ lançado na Mostra Competitiva do Festival Internacional de Cinema de Arquivo no Arquivo Nacional – RECINE. Leia a entrevista e conheça um pouco da historia da Vila Aliança, zona oeste do Rio de Janeiro.

Acerb - Qual a história do filme?
Jeferson Cora
- O Filme aborda o surgimento da Vila Aliança, que é o primeiro Conjunto Habitacional da América Latina, fruto da Política de Remoções da década  de 60 do Governo Lacerda. Suas raízes históricas e a contribuição dos moradores para o seu avanço.
 
Acerb - Qual o objetivo de fazer o filme sobre a Vila Aliança?
JC - Geralmente o que é mostrado sobre as Comunidades Populares é a violência, sofrimento e miséria. O intuito do filme é resgatar os aspectos históricos. Muitos moradores da Vila Aliança não conhecem suas origens, logo não se sentem pertencentes ao local. Vila Aliança Memórias em Cinco Minutos é o primeiro filme da Comunidade com esse propósito. Pretendemos utilizá-lo como ferramenta  educacional, fazendo exibições em escolas, instituições, empresas, fomentando rodas de debates e pontos de reflexões, ou seja, como cidadãos, que contribuições podemos dar para termos uma melhor condição de vida aqui no bairro e uma sociedade mais justa.
 
Acerb - Como foi fazer um filme histórico em apenas 5 minutos?
JC - Foi um Desafio. Abordar 47 anos em 5 minutos deu um frio na barriga muita responsabilidade, mas foi um processo recompensador, ouvir as histórias dos primeiros moradores, o brilho nos olhos de cada um e a imensa vontade de serem ouvidos,foi sensacional.
 
Acerb - Quais foram as dificuldades encontradas na produção do curta?
JC -
Infelizmente a Vila Aliança não tem um registro único da sua História e a nossa maior dificuldade foi conseguir imagens da época, foi praticamente impossível, pelo pouco tempo que tínhamos. Depois de muitas pesquisas conseguimos imagens no Acervo do Arquivo Nacional, do Jornal Correio do Amanhã, imagens do Morro do Pasmado, Praia do Pinto, Favela do Esqueleto, dos então chamados na época, Favelados da Guanabara etc. Tinham cada foto maneiríssimas e nós usamos.

Acerb - Quais foram os apoios que você recebeu nessa produção?
JC - O apoio da equipe do Centro Cultural A História Que Eu Conto, os conhecimentos transmitidos nas oficinas do Recine pelo Professor Carlos Alberto Mattos, dos amigos de turma do Recine, a equipe do Arquivo Nacional foram fundamentais. Teve também uma pessoa que foi fundamental nesse processo, o Editor Junior Rosa, que escreveu o roteiro comigo, só gente da pesada e o resulto foi bem legal.
     
Acerb - Onde o filme já foi exibido?
JC - O Filme participou da Mostra Competitiva do Festival Internacional de Cinema de Arquivo no Arquivo Nacional, que foi do dia 25 a 29 de outubro e por enquanto só fizemos uma exibição na Faculdade Unisuam, em Campo Grande, em uma palestra que nós do Centro Cultural A História Que Eu Conto fomos convidado dar, relacionada ao Empreendedorismo Cultural.

Acerb - Qual será o futuro do curta metragem?
JC - Pretendemos circular nas TVs Comunitárias, participar de Festivais, ciclo de palestras, exibir aqui no nosso Cine Clube e na Praça principal da Vila Aliança, divulgar nas redes, veicular na internet etc.

Acerb - Você tem algum novo projeto?
JC - Vila Aliança Memórias em Cinco Minutos é o ponto de partida para o nosso próximo Documentário que se chamará "Retratos de Vila Aliança", terá 25 minutos, assim poderemos mergulhar mais na História, a previsão é que a gente comece a filmar em fevereiro de 2011.
O grande objetivo é que as outras pessoas da nossa região se apropriem dessa idéia e comece a contar suas próprias historias, ou suas raízes. Premiando e dando visibilidade as questões positivas!


 
Usuário:
Senha:


 
Av. Santa Cruz, 4425 - Salas 201 | 202 | 203 - Bangu - Rio de Janeiro - RJ. Tel.: (21) 3331-2127
Programação e webdesign: Perfil Solução
A marca propmeio não existe nesse contexto.