HOME
Busca:
 
AGENDA
LOCALIZAÇÃO
INSTALAÇÕES
ASSOCIADOS
ASSOCIE-SE
BANCO DE CURRÍCULOS
EVENTOS
CONTATOS
AGENDA CULTURAL
ANUNCIE AQUI








VOLTAR

ACERB - Eventos - 19/9/2014

Administração Pública compra R$ 350 bilhões ao ano de empresas privadas

Qualquer empresário regularizado pode vender para este cliente que compra bilhões ao ano

Por Eder Fernandes


O empresário e Consultor do SEBRAE Ricardo Plastino, proferindo a palestra

Os Micro e Pequenos Empresários (MPE) e Micro Empreendedores Individuais (MEI) podem ter na administração pública uma oportunidade de conseguir grandes clientes. Os empresários que ainda não participam de pregões eletrônicos e licitações estão perdendo um mercado de R$ 350 bilhões ao ano que poderia ser uma nova fonte de renda para impulsionar os negócios.

Visando está oportunidade a Associação Comercial e Empresarial de Bangu (ACERB), a Associação Comercial e Industrial de Realengo (ACIRA), a Universidade Castelo Branco (UCB) realizaram em parceria com o SEBRAE/RJ uma palestra sobre ‘‘ Como Vender Para Administração Pública’’.  O evento aconteceu na última quinta-feira, 18 de setembro, no campus da UCB de Realengo, o consultor do SEBRAE, Ricardo Plastino, foi quem proferiu a palestra para empresários e estudante.

- Esta é mais uma oportunidade de negócio, mas no inicio não pode ser visto como um faturamento certo e contar com ele. É um canal que pode até se transformar no principal canal de venda do micro e pequeno empresário. Mas não podem perder esta oportunidade de venda para o poder público, porque realmente pode alavancar os negócios – orienta Ricardo Plastino.

A lei que regula as licitações públicas recentemente sofreu algumas alterações para beneficiar as MPEs  que correspondem 25% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil. Dependendo do tipo de licitação as MPEs tem exclusividades e vantagens nos leilões disputados com as Médias e Grandes Empresas, desta forma as compras governamentais se tornam um instrumento para o desenvolvimento local.

- Os pregões são muito importantes para os empresários porque democratizou a venda junto ao setor público. E fico muito triste quando não vejo a participação de quase nenhuma empresa aqui da Zona Oeste do Rio de Janeiro e por este motivo escolhemos este tema para a palestra – fala Marco Antonio, presidente da ACERB.


O presidente da ACERB, Marco Antônio, participando da palestra na UCB.

O consultor Plastino também alertou sobre a necessidade da regularidade fiscal das empresas participantes e passou algumas orientações básicas para quem tiver interesse nesta oportunidade de negócio.

- É fundamental a empresa ter um planejamento, conhecer sua realidade, saber como está o capital de giro, fluxo de caixa e estoque. E principalmente para quem vai começar a trabalhar com o poder público é bom começar devagar, com valor pequeno, se gostar e perceber que tem possibilidade, continua – comenta Ricardo Plastino.

Oficina
O SEBRAE tem uma oficina de quatro dias que explica e detalha como ter a administração pública como cliente. Os interessados podem encaminhar um e-mail (
acerb@acerb.org.br) para um pré-cadastro junto ao SEBRAE/RJ ou se caso queira começar a participar podem acessar os sites www.comprasgovernamentais.gov.br e www.compras.rj.gov.br .


 


 
Usuário:
Senha:


 
Av. Santa Cruz, 4425 - Salas 201 | 202 | 203 - Bangu - Rio de Janeiro - RJ. Tel.: (21) 3331-2127
Programação e webdesign: Perfil Solução
A marca propmeio não existe nesse contexto.